22 de maio de 2020

O Legal pela Brasilândia | A hora é agora pois a fome não espera

logotipo O Legal pela Brasilândia

Amigos,

Os quase 265 mil habitantes da Vila Brasilândia vivem a mais estarrecedora realidade do Coronavírus, perdendo para ele vidas de todas as idades, contabilizando os maiores números de São Paulo. Com emprego formal de apenas 4%, a comunidade sai em busca do pão de cada dia.

Trazemos uma proposta para você fazer parte do combate a esse quadro sem exigir a sua mobilidade: doar cestas básicas através de créditos em cartões alimentação a serem distribuídos preferencialmente às mães das famílias da Vila Brasilândia, possibilitando-lhes tanto a compra de alimentos e produtos de higiene, quanto ativando o comércio local.

O seu apoio é vital!

Além da sua contribuição financeira, que você também pode ajudar espalhando essa ideia: abrace essa causa e nos ajude a divulgá-la na sua rede de contatos, colaboradores, parceiros, colegas de outros escritórios e de empresas. Escolha o seu jeito de fazer: coloque em sua rede, em seu site, faça a sua hashtag com a indicação da campanha (#nome da sua empresa.oLegalpelaBrasilandia ou #euapoio.oLegalpelaBrasilandia).

A hora é agora pois a fome não espera!

Meta: 10.000 cestas básicas
Prazo: 3 meses
Valor da cesta: R$100,00
Custos das doações efetuadas:
Cartão de crédito: 4,4% sobre a operação
Boleto bancário: R$2,80
Transferência bancária: R$5,00 (não há taxa de administração das ONGs)

Para doar, clique aqui

Para que o engajamento se multiplique, cada escritório ou empresa pode divulgar seu apoio na página do Banco de Alimentos. Basta enviar um e-mail para silvania@bancodealimentos.org.br, com o assunto Sou escritório/advogado apoiador de O LEGAL PELA BRASILÂNDIA

Parceiros operacionais:
Instituto Stop Hunger (Sodexo): doação do serviço do cartão alimentação
ONG Banco de Alimentos (OBA): cadastro das famílias vinculadas à rede Brasilândia Solidária e distribuição dos cartões preferencialmente às mães
PLKC Advogados: doação dos custos operacionais da OBA para a distribuição dos cartões